Como começar

Só são precisos dois passos para começares a contribuir para o mapa.

 

1. Registo

Para começar a adicionar casas, é preciso antes fazer o registo no GeoDevolutas. Depois de confirmado, é só fazer o log-in e abrir o formulário para adicionar uma casa.

2. Enviar a informação da casa

Para adicionar uma nova propriedade ao mapa, são colocados vários campos que importa preencher.

Campos obrigatórios:

  • Nome: O nome da casa. Pode ser uma indicação da sua antiga função ("Antiga loja de ferragens Marmota"), uma referência à sua história ("Casa de Guilhermina Suggia entre 1885 e 1904") ou, não havendo elementos especiais a destacar, a sua morada ("Rua das Flores, 34")
  • Morada: É preciso incluir a morada e a localidade para o GeoDevolutas conseguir encontrar a propriedade no mapa. O código postal não é obrigatório.

Campos facultativos:

  • Fotos: É desejável colocar fotografias ilustrativas da propriedade. Caso tal não seja possível, sugerimos procurar a casa no Google Street View e fazer uma captura de ecrã. Incluir fotografias tornará muito mais fácil a identificação de cada casa e a adição de nova informação.
  • Propriedade: A entidade proprietária da casa (Estado, Particular, Cooperativa, Santa Casa da Misericórdia, etc). Caso esta informação não esteja disponível, é só seleccionar "Desconhecido".
  • Tipo de ocupação: O estado atual de ocupação da propriedade (Desabitado, Selado, Totalmente devoluto, etc).
  • Função: O propósito de utilização do imóvel (Armazém, Comercial ou Residencial).
  • Classificado: Caso o imóvel esteja classificado pelo IPPAR, assinala esta opção.
  • Descrição: Neste campo é possível incluir informação adicional que esteja disponível sobre esta propriedade.

Depois é enviar e está feito! Não é simples?

Ajuda-nos a completar o mapa de Portugal: regista-te e começa já a adicionar casas.

Ajuda-nos a completar o mapa das casas devolutas e abandonadas em Portugal!
São apenas 2 passos para adicionares um ponto ao mapa.
Aqui está disponível um pequeno guia para começar a utilizar o GeoDevolutas.

Para além de marcar pontos no mapa, há muitas formas de apoiar e contribuir para este projeto. Aqui encontras várias formas de ajudar este esforço.